Cronistas em viagem e educação indígena

Do acervo da Comissão Pró-Índio do Acre, organização civil com sólido trabalho na Amazônia Ocidental, Nietta Lindenberg Monte resgata e analisa documentação inédita: uma centena de relatórios de viagem às escolas indígenas, escritos nas últimas três décadas por assessores do programa de formação de professores indígenas Uma Experiência de Autoria. O livro, pioneiro em sua abordagem histórica, biográfica e etnográfica, inspira conhecimentos importantes no campo da educação e do indigenismo alternativo, tecendo a indissociável mescla entre a ação e a reflexão educacional, ambiental e política. (Luís Donisete Benzi Grupioni – Trechos da Apresentação)